Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mais Notícias > Direto para o ensino superior: Campus aprova em diversas instituições do Brasil
Início do conteúdo da página

Direto para o ensino superior: Campus aprova em diversas instituições do Brasil

Publicado: Quarta, 30 de Junho de 2021, 14h07 | Última atualização em Quinta, 01 de Julho de 2021, 15h58

Aprovações vão além do estado e chegam a regiões do nordeste, centro-oeste, sudeste e sul

“Alô, alô, alô papai, alô mamãe. Põem a vitrola pra tocar. Podem soltar foguetes. Que eu passei no vestibular (...)”, a emblemática e já cultural marcha do vestibular, do cantor Pinduca, anuncia com festa ao nortista do Pará e Amapá, desde a década de 80 até os dias de hoje, os nomes dos aprovados para o ensino superior, em especial das instituições públicas que adotam exames concorridos, como é o caso do antigo vestibular, atualmente representado pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste ano, apesar da pandemia, os conhecidos “listões do vestibular” revelaram dezenas de aprovações de estudantes egressos do ensino técnico integrado do Campus Santana do Instituto Federal do Amapá (Ifap) em instituições de ensino superior de dentro e de fora do estado.

Os estudantes são de turmas que concluíram o ensino técnico integrado em 2020, nas áreas de Comércio Exterior, Marketing e Publicidade, que conquistaram aprovações em instituições públicas que oferecem ensino superior e que utilizam a nota do Enem no Amapá (Ifap, Ueap e Unifap) e em estados como Paraíba, Pernambuco, Mato Grosso, Goiás, Rio de Janeiro, Santa Catarina, e Rio Grande do Sul. O levantamento de 35 aprovados aponta para 46 aprovações considerando a existência de mais de uma aprovação por candidato nos processos seletivos, e que agora terão que optar pela realização de um dos cursos. Uma outra parcela menor de cinco ex-alunos ingressou em cursos ofertados por instituições privadas.

“O Ifap me ajudou muito, tive professores, servidores e colegas de turma que sempre acreditaram no meu potencial e me ajudaram a alcançar meus objetivos, uma conquista que não foi só minha, mas da instituição como um todo. O coração transborda gratidão”, declarou Giovanna Gatinho de Sousa Lima, que concluiu o ensino médio técnico em Comércio Exterior e foi aprovada para Biomedicina na UFPB. Para ela, que se prepara para ingressar na vida acadêmica no estado da Paraíba, ser aprovada no vestibular “é uma das melhores sensações da vida, porque traz o senso de dever cumprido e também ansiedade para iniciar a nova fase.”

Giovanna diz que a escolha do curso de biomedicina foi resultado da sua experiência como bolsista de iniciação científica do Ifap 

Entre as formações de nível superior escolhidas pelos egressos de 2020 do ensino médio técnico do Campus, estão: Comércio Exterior (Ifap), Recursos Humanos (Ifap), Relações Internacionais (Unifap), Licenciatura em Matemática (UFMT e Unifap), Arquitetura e Urbanismo (Unifap), Tecnologia em Construção de Edifícios (IFPB), Tecnologia em Design (Ueap), Microbiologia e Imunologia (UFRJ), Licenciatura em Química (Ifap e Unifap), Farmácia (Unifap), Enfermagem (Unifap), Biomedicina (UFPB), Licenciatura em Ciências Biológicas (Unifap), Zootecnia (UFMT), Psicologia (UFPB), Pedagogia (Ueap), Licenciatura em Letras – Português/Inglês (Ueap e Unifap) e Português/Francês (Unifap), Artes Visuais (Unifap), Design de Moda (UFG), Jornalismo (Unifap), Engenharia da Produção (Ueap), Engenharia Elétrica (Unifap), Engenharia Química (Ueap) e Engenharia da Computação (UFPR).

Aprovada para o curso de Letras: Português/Inglês da Unifap, Glória Mel Marinho Fernandes lembra das dificuldades do percurso, mas também da “mão amiga” fundamental durante a pandemia. “Os professores continuaram dando o melhor de si, fazendo quase o impossível pra trazer a melhor educação pra gente, não largando a mão, puxando a orelha quando necessário. Tudo o que eles fizeram me fez ter o crescimento intelectual e individual necessários para conseguir passar de forma tão eficaz numa universidade federal. Eu tenho orgulho de quem me tornei, que foi graças a todas as experiências boas e negativas que reuni durante a minha estada no Ifap”, disse.

Glória Mel diz que sem o apoio da família, amigos e do corpo técnico docente do Ifap não seria possível superar as dificuldades da pandemia

Atualmente, o Campus Santana trabalha com turmas do ensino médio técnico em Publicidade, Logística, Marketing e Comércio Exterior e está com o Processo Seletivo Subsequente em curso para preenchimento de turmas em Serviço Público, Informática e Finanças, na modalidade semipresencial, cujas inscrições encerraram no último dia 27. O Campus também oferece o curso técnico em Logística, modalidade presencial, dentro do PS Proeja, feito para quem só estudou até o ensino fundamental, conheça os editais em curso em processoseletivo.ifap.edu.br .

 

Por Keila Gibson, jornalista do Campus Santana

Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa

registrado em:
Fim do conteúdo da página